Mitos sobre o aborto

As correntes anti-escolha criam diversos mitos sobre o aborto que nunca foram comprovados.

Problemas de fertilidade

O aborto seguro não aumenta o risco de infertilidade nem problemas futuros na gravidez; isso sucede no caso da doenças sexualmente transmissíveis e de aborto sem condições de segurança.

Outros problemas de saúde

Não existe evidência de qualquer doença relacionada com o aborto seguro, embora os opositores do aborto (utilizando interpretações não científicas e parciais) busquem sugerir que existe um aumento do risco de cancro da mama.

Problemas psicológicos

Para a maior parte das mulheres a decisão de abortar é difícil e pode suscitar sentimentos de tristeza e culpa. Ainda assim, a maior parte das mulheres sente alívio no final. Não há evidência de um risco acrescido de depressão ou ansiedade “pós-abortoâ€? prolongada nem de qualquer outra doença de cariz psicológico.

Legislação sobre o Aborto

Aproximadamente 25% da população mundial vive em países com leis sobre o aborto…

Citações e e-mails

Citações e e-mails das nossas viagens à Irlanda e Polónia.