O aborto induzido por medicamentos pode ser feito até que semana de gravidez?

 

Você pode realizar um aborto medicinal até a 12 semana de sua gravidez.

Mais informação:
Inicialmente os abortos induzidos por medicamentos foram feitos apenas para gestações no início do primeiro trimestre (alguns regulamentos exigiam que as gestações fossem inferiores a sete semanas ou até menos, outras exigiam que fossem inferiores a nove semanas). Agora está provado que o aborto medicinal é eficaz durante todo o primeiro trimestre (12 semanas) e também tem sido usado com sucesso durante o segundo trimestre (12). Em 2004, o Colégio de Ginecologistas e Obstetras do Reino Unido refere nas suas linhas orientadoras, cientificamente baseadas na evidência, que o protocolo médico que faz uso combinado da Mifepristona e do Misoprostol pode ser uma alternativa ao aborto cirúrgico, segura e eficaz para mulheres vão interromper a gravidez e têm 9 a 13 semanas de gestação(20).
Depois das 9 semanas, as mulheres que fazem um aborto medicinal têm maior risco de complicações. O limite de 9 semanas é também defendido por outros profissionais da saúde em todo o mundo. Uma declaração oficial emitida numa conferência internacional sobre aborto medicinal em 2004 referia que “Para abortos até a 12 a semana, os medicamentos podem ser proporcionados pelos serviços de cuidados de saúde primários e que as mulheres podem usá-los com segurança em casa ou num contexto clínico, de acordo com sua vontade e circunstâncias pessoais. O aborto medicinal depois das 12 semanas e no segundo trimestre podem ser realizados num centro médico ou hospitalar” (4).